testeira.png

Blog

  • Sucesu PE

Projeto SUCESU Capacita




Por Etiene Bahé


SUCESU PE – O senhor assumiu recentemente a Vice-Presidência de Desenvolvimento de Capital Humano da SUCESU PE e já apresentou o projeto SUCESU Capacita. A ideia é capacitar jovens em situação de vulnerabilidade para gerar mobilidade social e entregar novos profissionais para a área de tecnologia? Este é um dos objetivos da SUCESU?


Gustavo Molinaro – Logo que assumi essa posição na SUCESU definimos um planejamento com o Presidente Romero e outros diretores com projetos visando impactar o usuário de tecnologia, esse é o nosso propósito. Desta forma, também estamos cumprindo um dos objetivos estatutários da SUCESU, a responsabilidade social.

O SUCESU Capacita tem como objetivo principal capacitar e preparar os jovens de baixa renda, inicialmente estudantes da rede pública de ensino de Pernambuco, para o primeiro emprego. Com isso haverá condições de gerar a própria renda, se preparar para o futuro, consequentemente, suprir uma parte da defasagem de profissionais de TI no mercado. A área de Tecnologia tem uma carência grande de profissionais, só no ecossistema do Porto Digital em Recife, tem mais de 3200 vagas em aberto com dificuldade de serem preenchidas devido à falta de profissionais capacitados.


SUCESU PE – Então, a SUCESU vai oferecer, gratuitamente, cursos profissionalizantes das áreas de Tecnologia da Informação para jovens carentes. E quem irá patrocinar os cursos e plataformas? Já existem empresas parceiras?



Gustavo Molinaro – Exatamente, os cursos profissionalizantes serão oferecidos de forma gratuita para que os jovens tenham a oportunidade de iniciar a formação profissional na área de Tecnologia. Estes cursos serão realizados nas plataformas digitais, por empresas parceiras da SUCESU que atuam no segmento educacional focado em TI. As matrículas serão custeadas por empresas ou pessoas dispostas a contribuir por esta causa social e alguns executivos que tivemos uma breve conversa sobre o projeto já manifestaram o interesse em participar




SUCESU PE – Com a baixa formação de mão de obra na área de tecnologia em Pernambuco, aliás, no país, há escassez de profissionais capacitados em vários campos, em especial, em desenvolvimento de software. Qual a grade de cursos que o projeto pretende oferecer?


Gustavo Molinaro – O mercado global está passando por uma transformação digital e as empresas privadas e os orgãos públicos estão sendo obrigados a rever e evoluir rapidamente com os modelos de negócios, processos internos e atendimento ao cliente ou ao cidadão. A base desta transformação digital são os softwares que precisam ser desenvolvidos ou adaptados para esta nova realidade, mas isso começa por um desenvolvedor programando e codificando. Por isso essa necessidade de contratar tantos profissionais na área de desenvolvimento. Embora, também tem muitas oportunidades em outras áreas de TI.

Neste primeiro momento, para o lançamento do SUCESU Capacita, estamos priorizando uma grade de cursos para as áreas mais carentes de profissionais, com isso esperamos aumentar as chances dos jovens em uma rápida colocação no primeiro emprego. Vamos iniciar com três cursos básicos: Formação Acelerada de Desenvolvimento de Softwares, Prototipação de Redes Sociais e Conhecimentos Básicos de Gerenciamento de Projetos.

Porém, já estamos em contato com outras plataformas educacionais para ampliar a lista de cursos e até o início do segundo semestre teremos mais novidades. Um spoiler que posso adiantar é que será na área de Suporte e Manutenção.



SUCESU PE – Os alunos contemplados pelo projeto terão estágios garantidos ou direcionamento para trabalho após conclusão do curso?


Gustavo Molinaro – Acredito que os jovens serão contratados rapidamente, pode ser como estagiário, menor aprendiz ou até mesmo efetivo. Isso porque confiamos na qualidade de ensino dos parceiros, ou seja, os alunos certificados de fato terão condições de iniciar um trabalho nas áreas escolhidas e também pela necessidade das empresas na busca por profissionais. Tive conversando com alguns executivos e donos de empresas que ficaram bastante interessados em patrocinar e contratar estes jovens.

Para os alunos com as melhores notas na conclusão dos cursos, a Diretoria da SUCESU e outros profissionais parceiros, realizarão um acompanhamento para prepara-los para o mercado com sessões de coaching e mentoring. Vamos contar também o apoio do Instituto Êxito, parceiro da SUCESU/PE, com diversos cursos na área de formação profissional e empreendedorismo

Para os alunos que não conseguirem uma colocação imediata, a SUCESU será responsável pelo banco de dados dos currículos de todos os participantes e será disponibilizado para as empresas em busca de profissionais. Além disso, estamos em negociação para incluir no programa de empregos da Secretaria de Capacitação e Emprego do Estado de Pernambuco. Logicamente, com autorização dos alunos e com os devidos cuidados na proteção dos dados e em conformidade com a LGPD.



SUCESU PE – Quando será o lançamento do projeto? Como uma empresa ou pessoa física fará para abraçar o projeto? E como os jovens ficarão sabendo que poderão concorrer às vagas?


Gustavo Molinaro – O lançamento do SUCESU Capacita será em breve, ainda estamos definindo os últimos detalhes da parte operacional. Basicamente, a SUCESU será um hub conectando os alunos, os patrocinadores e as plataformas educacionais. Vamos lançar a campanha “Adote um Aluno” para impactar o maior número de pessoas possíveis, explicando como será possível uma empresa ou uma pessoa que queira conhecer e contribuir com o projeto.

Em paralelo, através de parceria com a Secretaria de Educação vamos divulgar os cursos para os alunos do ensino médio, começando com duas palestras abordando o impacto da tecnologia nas profissões tradicionais e as novas profissões na área de TI. Vamos mostrar para os alunos a quantidade de oportunidades estão pela frente para o futuro profissional e motiva-los o máximo possível para ter uma boa adesão aos cursos.



SUCESU PE – O senhor acredita na educação digital como motor essencial da transformação do Brasil e do futuro de todos?


Gustavo Molinaro – Sem dúvidas, a educação digital veio para ficar e não só pelo momento que estamos vivendo de distanciamento social. As instituições de ensino tradicional já estão revendo seus modelos e se adaptando a esta nova realidade, seja com o EAD ou modelos híbridos, onde aluno tem uma parte das atividades online e outra presencial. Também tem novas instituições que já nascem 100% digitais.

Precisamos levar em consideração que uma pessoa do interior de qualquer estado do Brasil, cidades distantes dos grandes centros, onde as ofertas de cursos são limitadas ou nos bairros mais necessitados das regiões metropolitanas, podem e tem acesso a cursos através das plataformas digitais. Isso seria muito difícil devido as barreiras financeiras com custos de deslocamento, moradia, alimentação, além da matrícula e mensalidade. Na internet tem muita opção de cursos para diversas áreas, não só de tecnologia, sejam pagos ou gratuitos como o SUCESU Capacita.

A educação digital está democratizando o ensino no Brasil, podemos e devemos trabalhar para que ações como esta da SUCESU se multiplique e tenha impacto no maior número possível de pessoas.

Acredito que é uma responsabilidade de todos, não somente dos governos, mas da sociedade civil somando os esforços para essa massificação do ensino. Aí sim, lá na frente teremos um país mais justo, reduzindo o abismo social que temos no nosso país.

53 visualizações0 comentário