CA3169D2-0C5D-4853-8E64-A40DA42568A7.jpe

Por

ETIENE BAHÉ

Assessora de Imprensa e Gestora de Mídias Sociais na ATI / PE e na SUCESU / PE

  • Sucesu PE

Coluna Tech



Twitter

A rede social Twitter foi vendida na segunda (25) por US$ 43 bilhões para o bilionário Elon Musk . O acordo foi concretizado após as partes concordarem com o valor de US$ 54,20 por ação.

Fonte: Tecmundo


Assinatura digital

Também na segunda (25), o Ministério da Economia divulgou que documentos públicos podem ser assinados digitalmente e de graça por meio de smartphones com o uso do aplicativo Gov.br. Esse serviço só estava disponível pelo computador.

Entre os documentos, estão os relacionados com a abertura de empresas e de "startups" (companhias inovadoras com baixo custo), além de transferência de veículos e comprovação de real infrator de multas de trânsito. A assinatura digital pelo aplicativo terá validade legal. Para isso, além de baixar o app no celular, é preciso ter a conta Prata ou Ouro no Gov.br.

Fonte: G1

Plataformas digitais – nova legislação UE

A fim de combater conteúdos ilegais online, os países da União Europeia e do Parlamento Europeu adotaram no último sábado (23) uma nova legislação destinada às plataformas digitais. As novas regras, que entrarão em vigor em 2024, regulam em particular os conteúdos publicitários dirigidos a crianças ou aqueles baseados em dados pessoais sensíveis, como religião, sexo, raça ou opiniões políticas.

O sistema prevê que as empresas abrangidas pelo DSA - sigla em inglês para a lei sobre serviços digitais - correm o risco de uma multa de até 6% do seu faturamento mundial se violarem as regras sobre conteúdo ilegal. As companhias podem até ser proibidas de operar dentro da União Europeia se suas infrações se repetirem.

Fonte: G1





RG digital

A emissão da carteira de identidade digital já está em vigor desde março. Cabe às secretarias de Segurança Pública serem responsáveis pela disponibilização do documento. Os interessados precisam consultar os órgãos de identificação de seu município. A RG digital terá um número único válido em todo o país e um código QR para autenticação. Será possível incluir ainda informações de outros documentos em um só, como CPF; Título de eleitor; Carteira de trabalho; Carteira de motorista; Carteira nacional de saúde; Números do NIS/PIS/Pasep; entre outros.

A intenção é que o documento sirva também para viagens, já que contará com o mesmo padrão internacional usado na emissão de passaportes. Em caso de perda ou roubo, é possível acessar a identidade no gov.br pela internet. Para a população com até 60 anos, segundo o Governo Federal, o RG atual segue valendo pelos próximos dez anos, ou seja, até 2032.

Fonte: Olhar Digital


Deepfake

A técnica que permite mostrar o rosto de uma pessoa em fotos ou vídeos alterados com ajuda de inteligência artificial tem dado o que falar. Mas, apesar das conotações negativas em torno do termo coloquial deepfake, a tecnologia está sendo cada vez mais usada comercialmente.

Os vídeos gerados por inteligência artificial crescem nas áreas de notícias, entretenimento e educação, com uma tecnologia cada vez mais sofisticada. Um dos primeiros adeptos ao deepfake foi a Synthesia, companhia com sede em Londres que cria vídeos de treinamento corporativo com inteligência artificial para empresas, como o grupo de publicidade global WPP e a consultoria de negócios Accenture. Este é o futuro da criação de conteúdo? Qual sua opinião?

Fonte: BBC Brasil

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Twitter O fundador da Tesla, Elon Musk, se tornou o maior acionista individual do twitter, além de membro do conselho. Seu primeiro movimento foi lançar uma enquete sobre a necessidade de um botão de

Golpe Tem um ditado que diz “Quando a esmola é grande, o cego desconfia”. Desconfie você também. Toda vez que se tem algum novo serviço lançado, os criminosos cibernéticos entram em cena. Mês passado

Nowhere Office A pernambucana Juliana Coelho é a nova chefe mundial do chamado modo de produção Stellantis, fusão das marcas Fiat, Chrysler, Peugeot e Citroën. Juliana, de 32 anos, da primeira turma d