CA3169D2-0C5D-4853-8E64-A40DA42568A7.jpe

Por

ETIENE BAHÉ

Assessora de Imprensa e Gestora de Mídias Sociais na ATI / PE e na SUCESU / PE

  • Sucesu PE

Coluna Tech

Atualizado: 24 de out.

Nowhere Office


A pernambucana Juliana Coelho é a nova chefe mundial do chamado modo de produção Stellantis, fusão das marcas Fiat, Chrysler, Peugeot e Citroën. Juliana, de 32 anos, da primeira turma de trainees em Goiana (PE), foi palestrante do Night Talk Sucesu PE de junho do ano passado, onde abordou o tema “Liderança do Novo Normal”. A engenheira olindense pode ir morar na capital francesa, mas como ela mesma diz o seu trabalho é no “nowhere office” (escritório em lugar nenhum).

Fonte: Inteligência Financeira



5G


O 5G deve custar R$250 por mês para os brasileiros, assim que a tecnologia pura esteja disponível. No começo, os pacotes devem permanecer os mesmos porque os clientes vão usar o 5G DSS, que utiliza as frequências do 4G para atingir velocidades de 5G com tempo de resposta (latência) baixo. A versão standalone (5G puro), deve estar disponível em 2023. O 5G estará disponível em todas as capitais brasileiras até julho.

Fonte: Canal Tech


6 tendências de TI


Inteligência artificial avançada, NFT (“token não fungível”), metaverso, 5G, Internet das Coisas e segurança digital são as principais expectativas do setor de tecnologia para 2022, segundo o Instituto das Cidades Inteligentes (ICI).

A transformação digital acelerada pela pandemia concretizou as tendências de Tecnologia da Informação (TI). Logo, os investimentos em tecnologia digital continuarão sendo prioridade na estratégia das empresas.

Fonte: Infor Channel


6G


O Japão e os EUA vão trabalhar juntos na criação de padrões 6G para tecnologia que dispensa controle humano. O objetivo é impedir que empresas chinesas dominem o campo que deve incluir os automóveis autônomos e fábricas totalmente automatizadas.

Fonte: Valor Econômico


FOMO

Você já deve ter ouvido falar da nova patologia psicológica, a síndrome de FOMO (do inglês fear of missing out), relacionada ao medo de ficar off - fora do mundo digital. O cientista cognitivo, futurista e criador de conteúdo, Diogo Cortiz, publicou artigo no Tilt abordando a crise de atenção gerada pelo excesso de tarefas oriundas do mundo digital.

Diogo acredita que possa até surgir a FONP (do inglês fear of not poducing), porque a dinâmica de uso da tecnologia agora se baseia na lógica de produção de conteúdo. Para ele é necessário mostrar para a sociedade que a nossa atenção é sensível e preciosa, porque não somos multitarefas.

Fonte: Leia na íntegra no Tilt Uol (31/01/22)

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Neandertais Ao contrário do que muitos Homo sapiens pensam existia vida familiar neandertal. Cientistas descobriram, neste mês, numa caverna da Sibéria, na Rússia, amostra de DNA que comprova isto. Um

Apagão de mão de obra A Brasscom, Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais, estima que, até 2025, sejam criadas 800 mil novas vagas na área de