top of page
banner_blog_da_sucesu_pe.png
  • Foto do escritorSucesu PE

A I.A. vai substituir os humanos?

A Inteligência Artificial (I.A.) está em tudo que é roda de conversa entre pessoas da área de Tecnologia da Informação. Isso porque o assunto tanto tem trazido esperanças em um futuro melhor para as empresas, já que pode maximizar novos modelos de negócio, e para a sociedade, por atuar em serviços e produtos que possam atender as necessidades de cada indivíduo, como tem gerado preocupação pela possibilidade de robôs substituírem o trabalho humano, causando desemprego, aumentando a desigualdade social e a forme da população.



Para falar sobre o tema, a Sociedade dos Usuários de Tecnologia de Pernambuco (SUCESU PE), reuniu no Clube da T.I. dessa terça (18), no restaurante Frege, as feras de I.A., Clímaco Feitosa, Chief Technology & Innovation Officer no Grupo iLand Technology e sócio e cofundador da ICSDCS Technology - Tampa-FL, e Antonio Cavalcanti, Fundador da Valorian, empresa onde atua como CEO e Head de Inteligência Artificial. Para surpresa de alguns e alívio de outros, a afirmação de Clímaco foi a seguinte: A I.A. nunca substituirá os humanos.



“Um exemplo, a I.A. mais falada do momento – o ChatGPT. Perguntei como ela se autodefine e a resposta foi: ‘ - ChatGPT é uma tecnologia de Inteligência Artificial gratuita que pode ajudar as empresas a melhorar suas operações, produtos e serviços. Ela pode criar e entender texto, imagens e código para vários propósitos’. Isso posto, afirmo que ela vai sim ajudar e muito nas nossas tarefas. Realmente, o ChatGPT nos impressiona com a sua capacidade, mas também erra assim como os humanos. E o humano tem um nível de sofisticação que as máquinas não alcançarão. Pode chegar próximo a isso , mas o ser humano sempre prevalecerá às máquinas por ter características únicas em relação à conexão de sinapses, ligação de pensamentos , coisas inerentes ao ser humano “, explica Clímaco.



Segundo Antonio Cavalcanti, a I.A. é um tema importante para empresas de qualquer tamanho. “A IA permeia a vida de qualquer pessoa hoje. E nas organizações é essencial entender como utilizar a IA e os riscos que ela tem em relação ao econômico, social, viés. Isso tem que ser o foco de toda empresa e todo gestor hoje”, aconselha. Antonio também acredita que se utilizada com responsabilidade e se os governos conseguirem dar o acesso à população, sem qualquer tipo de discriminação, irá sim impactar o mundo positivamente. Afinal, como bem falou Clímaco, “precisamos ser tecnológicos o mais humanamente possível”.



Na ocasião também houve o lançamento do livro do ex-diretor da Sucesu PE, Ronaldo Carneiro Leão, “Depois dos Humanos”. Uma história com IA, robôs e humanos de amanhã. Com o prefácio escrito pelo ChatGPT.


O Clube da T.I. é um evento aberto, realizado mensalmente pela Sociedade dos Usuários de Tecnologia de Pernambuco (SUCESU PE), com o intuito de reunir a comunidade da área de TI para uma happy hour descontraído, cheio de troca de conhecimento e música boa.


O evento contou com o patrocínio das empresas: dell technologies, unitech, paloalto e xsite, e das empresas mantenedoras da SUCESU PE: hsbs, nagem, vectra e vaggon. Além do apoio da ggti e do seprope.


Saiba como se tornar sócio da SUCESU PE https://www.sucesupe.org.br/associe-se .


19 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page