testeira.png

Blog

Buscar

Governos estadual e municipal apontam investimento em serviços digitais, no Night Talk Sucesu PE



Um público seleto formado por mais de 130 pessoas participou na noite de ontem (22/09) do debate promovido pela Sociedade dos Usuários de Tecnologia Regional Pernambuco (Sucesu PE) sobre serviços públicos digitais: o Night Talk Sucesu PE. A Secretaria de Administração de Pernambuco (SAD), esteve presente, representada pela titular da pasta, Marília Lins. O secretário de Finanças da Prefeitura do Recife, Ricardo Dantas, também participou do encontro, e ainda a presidente da Agência Estadual de Tecnologia da Informação (ATI), Ila Carrazzone e o presidente da Empresa Municipal de Informática da Prefeitura do Recife (Emprel), Eugênio Antunes. A secretária de Administração, parabenizou a inciativa da Sucesu em promover um evento capaz de demonstrar a relevância do tema para sociedade. “Trata-se de uma iniciativa nobre esse encontro virtual. O Governo vem trabalhando para modernizar o Estado e oferecer serviços digitais, como forma de aproximar-se cada vez mais do cidadão e atender as demandas da sociedade com rapidez e qualidade”, explica Marília.


Segundo o secretário, Ricardo Dantas, na Prefeitura do Recife não tem sido diferente, “mesmo antes da pandemia já vínhamos trabalhando a transformação digital, informatizando os processos. Conseguimos reduzir em mais de 70% o atendimento presencial. O contribuinte não precisa mais ir até a Prefeitura ou ao Expresso Cidadão. O acesso é online. O maior desafio é a realidade dos municípios. A necessidade de investir em Tecnologia da Informação. É preciso enxergar como investimento. Qualquer cidade que queira ser competitiva precisa estar conectada. Recife é hoje a cidade mais competitiva do Norte/Nordeste graças ao entendimento dos gestores sobre a importância do investimento em tecnologia. Hoje são apenas três dias para se abrir uma empresa na capital pernambucana, por exemplo”.


Na sequência, a presidente da ATI, Ila Carrazzone, apresentou o vídeo sobre a plataforma PE Cidadão, lançada em 2019 pelo Governo de Pernambuco. “O objetivo do PE Cidadão é reunir os serviços do Governo do Estado em um só lugar para que o cidadão tenha acesso de forma simples e sem precisar sair de casa. A tecnologia deve estar a serviço do bem estar social. Já são 958 serviços, presenciais e digitais, de 51 órgãos, disponibilizados na plataforma. E nossa intenção é expandir a carta de serviços. A escassez de recursos é um desafio. Mas entendemos a necessidade de priorizar TI para melhorar a saúde, a segurança e a educação. É preciso haver a convergência de ações”, explica Ila. O presidente da Sucesu PE, Romero Guimarães, aproveitou a deixa para apontar um estudo do Banco Mundial que diz que onde há mais tecnologia há mais economia. “Pode-se alcançar uma redução de custo de até 97% por serviço prestado de forma digital”.


Já o presidente da Emprel, Eugênio Antunes, apresentou seu mais novo projeto: o aplicativo mobile Conecta Recife, que reúne os serviços digitais da Prefeitura do Recife. “Lançamos o app Conecta Recife há 60 dias e já foram 11 mil downloads e mais de 134 mil acessos aos serviços e informações. A característica principal está na identificação do cidadão. Ainda este ano vamos trabalhar as câmaras online, as notas fiscais de serviços eletrônicos, o Diário Oficial digital e a Ouvidoria. Em 2021 será a vez de uma evolução na Educação, Saúde, Defesa Civil, e Necrópole”. “É bom enfatizar que não é somente necessário disponibilizar acesso gratuito à Internet, para a população, é, também, preciso que as pessoas saibam como utilizar a internet. Acredito que seja necessário um mutirão (governo, empresa, entidades) para acabar com o analfabetismo digital”, lembra Romero.


Vale informar que os canais presenciais tanto do Governo do Estado quanto do Governo Municipal continuam a existir para atender aqueles que não sabem ou não possuem acesso digital. “De fato, é um grande desafio da administração pública a digitalização dos serviços públicos”, comenta a controladora geral do Estado, no chat, Erika Lacet. “O certo é que investir em tecnologia é olhar para o futuro. E é isso que estamos fazendo. E estamos compartilhando com outros lugares. Será importante utilizarmos o modelo Nuvem para que um município que não tenha estrutura tecnológica possa usufruir de plataformas disponibilizadas por municípios maiores”, explica Eugênio.


No chat, o secretário de Finanças e Patrimônio do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Informática, Processamento de Dados e Tecnologia da Informação de Pernambuco - SINDPD/PE, participante do Night Talk, Messias Melo, parabenizou os secretários pela visão estratégica de TI. “Parabéns, Marília e Ricardo. Visão estratégica de TI é fundamental. Sem perder a dimensão humana”. Vários outros participantes parabenizaram a ATI e a EMPREL, pelas plataformas de serviços públicos em formato digital voltadas ao cidadão, e a Sucesu PE, pela iniciativa e riqueza do debate.

31 visualizações
© 2020 - Sociedade de Usuários de Tecnologia
Desenvolvido pela